8/31/2014

A GENIAL ANA MOURA NA FEIRA DE SÃO MATEUS




A GENIAL ANA MOURA NA FEIRA DE SÃO MATEUS

ASSISTI AO BRILHANTE CONCERTO DA FADISTA ANA MOURA NA FEIRA DE SÃO MATEUS. APESAR DA NOITE ESTAR UM POUCO FRESCA E DOS PREÇOS DAS ENTRADAS SEREM MAIS CAROS, ESTAVA MUITA GENTE A ASSISTIR AO ESPETÁCULO. MAS NOTAVA-SE PERFEITAMEN QUE AS PASSOAS QUE ESTAVAM NO CONCERTO ERAM PESSOAS COM UM CERTO NÍVEL CULTURAL E SOCIAL E QUE NADA TINHAM A VER COM O PÚBLICO QUE NORMALMENTE ACLAMA AS MEDIOCRIDADES QUE POVOAM O CARTAZ DA NOSSA FEIRA. EM SUMA, O CONCERTO DE ANAMOURA FOI MUITO BOM, COM A FADISTA, MUITO BEM VESTIDA COM UM TRAJE NEGRO MUITO DECOTADO E MUITO ATRAENTE, A DAR O SEU MELHOR EM FADOS COMO OS BÚZIOS, RUMO AO SUL, DESFADO, ETC. TENHO APENAS UM REPARO A FAZER: NO INTERVALO, HOUVE UM NÚMERO MERAMENTE INSTRUMENTAL QUE TERMINOU COM UM LONGO SOLO DE BATERIA. ISTO SERIA ADEQUADO NUM CONCERTO DE JAZZ, MAS NÃO ME APARECEU ADEQUADO NUM CONCERTO DE ANA MOURA. PELOS VISTOS, NÃO HÁ BELA SEM SENÃO. MAS TRATA-SE APENAS DE UM DETALHE, POIS ANA MOURA ESTEVE MUITO BELA E CANTOU DIVINAMENTE NA MELHOR CIDADE PORTUGAL PARA VIVER. E ATÉ CANTOU UM ENCORE MUITO SIMPÁTICO PARA AS GENTES DA CIDADE DE VIRIATO: O INDO EU, INDO EU A CAMINHO DE VISEU. PELA MINHA PARTE FIQUEI FASCINADO. GOSTO MUITO DE TI, ANA MOURA.

ANTÓNIO ROCHA


8/11/2014

O MELHOR RESTAURANTE DA FEIRA DE VISEU

INTERIOR DO RESTAURANTE
REESTAURANTE TIA IVA
ESTE É O MELHOR RESTAURANTE DA FEIRA DE SÃO MATEUS, SITUA-SE NA ZONA DA RESTAURAÇÃO, MESMO NO CENTRO DA FEIRA. A MENAGER É A EMPRESÁRIA RUTE LUÍS, O QUE DESDE JÁ É GARANTIA DE GRANDE QUALIDADE NO SERVIÇO, JÁ É A 3ª VEZ QUE APAECE NA FEIRA, MAS ESTE ANO SURGE COMPLETAMENTE REMODELADO.  É PORTANTO UM RESTAURANTE DE GRANDE NÍVEL, COM PRATOS QUE JÁ SÃO CÉLEBRES, COMO É O CASO DO BACALHAU À TIA IVA, ÚNICO NA REGIÃO E NO PAÍS.

5/15/2014

CRUZEIRO NO MAIOR NAVIO DO MUNDO

O OASIS OF THE SEAS, O MAIOR NAVIO DO MUNDO

O OASIS OF THE SEAS EM CHARLOTTE

O OASIS OF THE SEAS EM PHILIPSBURG
O OASIS OF THE SEAS EM NASSAU

O BOARDWALK, COM O PRIMEIRO
CARROSSEL INSTALADO NUM NAVIO

O ROYAL PROMENADE, NO 5º DECK DO NAVIO
O ROYAL PROMENADE
O ROYAL PROMENADE
O ROYAL PROMENADE
O ROYAL PROMENADE

O ROYAL PROMENADE
O CENTRAL PARK, NO 8º DECK DO NAVIO
O CENTRAL PARK
O CENTRAL PARK
O CENTRAL PARK
O CENTRAL PARK
A ÁREA DAS PISCINAS, DOS JACUZZIS
E DO SOLÁRIO NO 15º E 16º DECKS
A ÁREA DAS PISCINAS , DOS JACUZZIS E DO SOLÁRIO
A ÁREA DAS PISCINAS, DOS JACUZZIS E DO SOLÁRIO

O RISING TIDE BAR NO 5º DECK
O RISING TIDE BAR NO 8º DECK
COM O CARLOS E COM A CARMEN
NO RESTAURANTE SONATA
MAPA DO ITINERÁRIO
EM SAINT THOMAS
EM SAINT MAARTEN COM O GUIA ANTHONY

EM SAIMT MAARTEN, COM UMA MEXICANA
EM NASSAU, NAS BAHAMAS



CITY TOUR DE MIAMI


O NOSSO HOTEL EM MIAMI BEACH,
O HOTEL CASABLANCA ON THE OCEAN,
NO QUILLINS BOULEVARD

A OCEAN DRIVE, EM MIAMI BEACH

NO MONUMENTO AO HOLOCAUSTO,
EM MIAMI CITY
NO HOTEL BILLTIMORE,
EM MIAMI CITY
COM A JENNY E O PIERRE, NA LITTLE HAVANA,
EM MIAMI CITY


EVERGLADES NATIONAL PARK

O PARQUE EVERGLADES, PERTO DE MIAMI

O PARQUE EVERGLADES


O ALIGATOR NO PARQUE EVERGLADES
CRUZEIRO NO PARQUE EVERGLADES
NO CRUZEIRO, COM A JENNY E O PIERRE


O GUIA LOCAL COM O ALLIGADOR
UMA FOTO COM O ALLIGATOR

UMA VIAGEM DE SONHO NO MAIOR NAVIO DO MUNDO

Já fiz dois cruzeiros nas Caraíbas, mas resolvi fazer um terceiro cruzeiro nessa zona do globo que tem ilhas paradisíacas e belas praias selvagens rodeadas de coqueiros e de palmeiras. Mas desta vez o motivo principal foi o navio em que viajei. É que viajei no maior navio do mundo, maior que o Titanic ou o Queen Mary, o Oasis of the Seas. É um navio moderníssimo, muito recente, pois foi construído em 2003 e foi lançado ao mar em 2008. A minha primeira opção até foi fazer um cruzeiro nos Emiratos Árabes Unidos, com partida do Dubai. Mas a possibilidade de viajar no Oasis of the Seas entusiasmou-me tanto que optei por um cruzeiro nas Caraíbas no maior navio do mundo. A minha agência de viagens, a Berrelhas Turismo, de Viseu, conseguiu arranjar-me uma promoção numa cabine interior. Mas convém esclarecer que a cabine era uma cabine ampla e luxuosa. E convém esclarecer também que o preço foi muito superior aos preços que tinha pago nos cruzeiros da Pullmantur. É que um cruzeiro no Oasis of the Seas é realmente um cruzeiro de ricos. Havia no navio pessoas que optaram por suites e que pagaram só pelo cruzeiro, independentemente da parte aérea, cerca de 4000 euros.
A companhia proprietária do Oasis of the Seas é a Royal Caribbean, uma companhia americana que é a maior do mundo. A nossa viagem foi das primeiras do Oasis of the Seas, pois o navio fez a sua viagem inaugural em Dezembro de 2009. O navio estava ancorado num porto perto de Miami. Tive portanto que voar previamente de Madrid para Miami. E como não conhecia esta importante cidade dos Estados Unidos, aproveitei para conhecer Miami e também para conhecer o Everglades National Park, que é um dos mais importantes parques naturais do mundo. E desde já sublinho que foi só no Parque Everglades que me apercebi da natureza pantanosa do Estado da Florida. A grande atracção do parque é o alligator, uma espécie de jacaré muito rara, que aparece no meio das ervas altas e afiadas (glades) que dão o nome ao parque. Quanto a Miami, Miami, com os seus rios, os seus canais e o seu mar, é para mim a Veneza da América do Norte. Aliás, Miami é um nome índio que significa muita água.
Mas a parte mais importante desta viagem foi o cruzeiro no navio Oasis of the Seas. No dia aprazado para a partida, deixei Miami e dirigi-me ao porto de Fort Lauderdale, onde estava o Oasis of the Seas. E a minha primeira impressão ao ver o navio foi de grande espanto, pois o Oasis of the Seas mais parecia um arranha-céus. O navio tem 16 andares e o seu comprimento é de 360 metros. O navio é tão grande que demorei mais de uma hora para chegar à minha cabine. Os três primeiros dias que passei no navio foram de navegação. Aliás, o Oasis of the Seas só atracou em três ilhas, Saint Thomas, Saint Maarten e Bahamas, pois poucas ilhas das Caraíbas têm portos suficientemente grandes para poderem receber tal navio. E eu aproveitei os três primeiros dias de navegação para conhecer o navio.
E assim, no segundo dia passei toda a manhã no Royal Promenade, no 5º deck, que é uma autêntica rua no interior do navio, mas uma rua deslumbrante, cheia de bares, de cafés, de restaurantes, de esplanadas e de lojas luxuosas. Nessa rua, que é um autêntico passeio de reis, os reis, no critério da Royal Caribbean, são os passageiros. E a verdade é que neste barco de luxo os passageiros têm tratamento de reis. No segundo dia passei toda a manhã no Central Park, no 8º deck, que é um frondoso parque tropical a céu aberto. Tem árvores, tem arbustos, tem vegetação, tem tudo para ser um parque. E ao cair da tarde até se ouve o canto das aves, suponho que através de uma gravação. A área das piscinas, dos jacuzzis e do solário situa-se no 15º deck. No 16º deck está o restaurante com serviço de buffet. E para abrir o apetite, neste deck também se pode fazer surf num simulador de ondas. No Board Walk, situado no 6º deck, podemos andar no primeiro carrossel instalado num navio. O Oasis of the Seas tem também um bar, o Rising Tide Bar, que se movimenta para cima e para baixo do 5º para o 8º deck e vice-versa. Os leitores podem ver fotos deste bar, bem como de outros espaços do navio e também de Miami e do Parque Everglades, no meu blogue de viagens pelo mundo. O navio tem ainda um enorme casino o Casino Royal, e quatro grandes teatros, o Aqua Theater, o Studio B, o Comedy Live e o Opal Theater. Os espectáculos a que assisti foram todos de grande nível.
Viajaram neste cruzeiro 6000 passageiros, metade dos quais eram norte-americanos. O que é curioso é que iam no barco 90 portugueses e apenas 60 espanhóis. E iam 190 brasileiros. Ouvia-se muito a língua portuguesa em todos os sítios do navio. Todos os passageiros com quem contactei foram muito simpáticos para comigo, inclusivamente uma senhora da alta sociedade de Boston, a mais fechada de todas as altas sociedades do mundo. Conheci essa senhora no parque tropical do navio e essa senhora logo se dispôs a tirar-me algumas fotografias. Depois sentei-me num banco do parque e conversámos durante mais de meia hora. A senhora de Boston falava com uma certa afectação, mas foi sempre tão simpática para comigo que esses momentos que passei com a senhora de Boston no Central Park foram dos momentos mais felizes da minha vida. Mas tanto no Central Park, como no Royal Promenade, como noutros lugares do Oasis of the Seas, passei momentos absolutamente inesquecíveis. Enfim, foi uma viagem de sonho no maior navio do mundo.

O NAVIO


CLASSE E TIPO - OASIS
PASSAGEIROS - 6000

TRIPULANTES - 2164

COMPRIMENTO - 360 metros
TONELAGEM - 200000 toneladas
DECKS (ANDARES) - 16
VELOCIDADE - 22 NÓS
ANO DE CONSTRUÇÃO - 2003
LANÇADO AO MAR - 2008
VIAGEM INAUGURAL - 5-12-2009

ITINERÁRIO DA VIAGEM

DIA 17 - VOO MADRID - MIAMI
DIA 18 , 19 E 20
ESTADIA EM MIAMI
(CITY TOUR E PARGUE EVERGLADES)
DIAS 20 A 27 CRUZEIRO
DIAS 27, 28 E 29
ESTADIA EM MIAMI
DIA 29
VOO MIAMI - MADRID
DIA 31
REGRESSO A PORTUGAL

IINERÁRIO DO CRUZEIRO

MARÇO DE 2010
Dia 20
FORT LAUDERDALE, FLORIDA
Embarque - 17:00 h
Dia 21
CRUISING THE INLAND SEA
Dia 22
CRUISING THE INLAND SEA
Dia 23
CHARLOTTE AMALIE, ST. THOMAS
07:00 h - 18:00 h
Dia 24
PHILIPSBURG, ST. MAARTEN
07:00 h - 17:00 h
Dia 25
CRUISING THE INLAND SEA
Dia 26
NASSAU, BAHAMAS
13:00 h - 19:00 h
Dia 27
FORT LAUDERDALE, FLORIDA
07:00 h
PREÇO DA VIAGEM
VIAGEM AÉRIA E CRUZEIRO - 2000 EUROS
HOTÉIS EM MIAMI, TRANSFERS, TOURS,
TAXIS, REFEIÇÕES, ETC. - 900 EUROS

2/11/2014

CRUZEIROS NAS CARAÍBAS

NAS ILHAS

O BEIJO APAIXONADO DE UMA CUBANA,
EM HAVANA, NO LARGO DA CATEDRAL

NO GRAND ETANG NATIONAL PARK,
NA ILHA DE GRENADA, COM UMA
LINDA MENINA NEGRA GRENADINA

NA PRAIA DE SALINAS, NA MARTINICA,
COM VANESSA, UMA AMIGA VENEZUELANA

NA ILHA DE SAINT MAARTEN,
COM UMA FORMOSA MEXICANA


NOS NAVIOS

NO PIANO BAR DO OCEAN DREAM
COM UMA DRAG QUEEN

NA FESTA TROPICAL DO OCEAN DREAM
COM UMA BOMBA BRASILEIRA

NA FESTA TROPICAL DO PACIFIC DREAM
COM UM JOVEM CASAL BRASILEIRO

NO RESTAURANTE DO PACIFIC DREAM
COM DUAS BONITAS ALGARVIAS